fbpx

Como a Forma de Aprender Inglês Mudou

Você deve ter percebido que as coisas mudaram muito de um tempo para cá, né. Pois é, estamos em um período de transição entre um modelo de sociedade industrial e um modelo de sociedade voltada para o conhecimento. Mas quais as principais diferenças entre esses dois períodos? Como a forma de aprender inglês mudou também?

Mudança no modelo de sociedade

 Man reading. (Image 1 by Pixabay)

Por muito tempo, o modelo de sociedade permaneceu o mesmo. A sociedade era mais simples e controlável. Os meios de comunicação eram rudimentares. As instituições controlavam praticamente tudo. O cidadão não era autônomo, pelo contrário, era submisso a um grupo e não conseguia exercer sua individualidade. Tudo era muito estável e havia previsibilidade. O acesso à educação e a informação era restrito e difícil.

Hoje, com a tecnologia, o cenário é completamente diferente. A velocidade de comunicação é incrivelmente rápida, as pessoas estão conectadas e se comunicam em tempo real. Assim, temos uma sociedade mais dinâmica e transparente. As pessoas são mais livres, informadas e críticas, e por meio da internet, têm acesso a uma quantidade enorme de informações. É possível consumir, produzir e compartilhar conhecimento a qualquer momento e de qualquer lugar, sem depender da autorização de instituições.

Compartilhar ideias e conhecimento se tornou algo completamente comum nos dias de hoje. Dessa forma, as instituições de ensino não são mais as únicas fontes de informação.

A influência da tecnologia na educação

Man studying. (Image 2 by Pixabay)

Com a educação, a história não é diferente. Antes, para ter acesso à educação, as pessoas tinham que viajar até grandes centros de aprendizagem. Depois, vieram as escolas que tornaram esse processo mais acessível. O professor tinha o conhecimento e passava adiante aos seus alunos. Ele era a fonte de informação.

Na sociedade atual, o professor já não tem mais esse papel central. Seu papel é atuar mais como um guia, alguém que caminha ao lado dos alunos dando orientações. De acordo com o professor Laercio Bento, da Universidade Metodista de São Paulo, "Hoje o professor deve assumir uma condição de mentor, não o de expositor persuasivo do conhecimento."

O acesso à educação se expandiu e hoje temos acesso online à livros, áudios, imagens e vídeos do mundo todo. Tudo ao alcance do seu clique. Basta estar conectado à internet.

Os estudantes de hoje podem interagir não só entre eles e com seu professor na sala de aula. Podem interagir com alunos de outras escolas, com professores de outros países e especialistas ao redor do mundo, que dominam o assunto que os alunos estão estudando. A sala de aula não é mais uma barreira limitadora.

Como a forma de aprender inglês mudou

Different tools. (Image 3 by Pixabay)

O modelo que conhecíamos para aprender inglês, durante décadas, era como o mencionado acima, tendo o professor como único responsável por ensinar os alunos. Você se matriculava em uma escola, frequentava as aulas em um grupo, e dentro de alguns anos, concluía o curso de inglês. Isso meio que funcionou durante um bom tempo. Porém, com o avanço da tecnologia, a forma de aprender inglês mudou. A quantidade de recursos que temos hoje aumentou, e com isso, podemos otimizar e transformar essa experiência de aprendizado em algo mais rápido, dinâmico e personalizado.

Sabemos que cada aluno possui um ritmo diferente de aprendizado. Portanto, o novo modelo de ensino respeita a individualidade de cada um. As aulas particulares, tendo o professor como um mentor que fica ao lado do aluno o orientando, estão em alta. Outra forma muito conveniente são as aulas online. Você economiza o tempo de deslocamento e faz a aula de qualquer lugar, até de um coffee shop, por exemplo. Basta estar conectado à internet.

Além disso, atualmente os estudantes não se limitam somente ao conteúdo da aula, como era antigamente. Eles utilizam diversas outras ferramentas para acelerar o processo de aprendizagem. Antes, a responsabilidade do professor era maior que do aluno. Hoje, os alunos assumem responsabilidade pelo próprio aprendizado e aquisição de conhecimento e utilizam todos os recursos disponíveis para aprender inglês.

Ferramentas atuais para aprender inglês

Young man watching TV. (Image  4 by Pixabay)

Embora fazer aulas seja muito importante, existem outras ferramentas que podemos utilizar para aprender inglês. Quanto mais contato você tiver com a língua, melhor. Portanto, faça uma imersão e tente consumir o máximo de inglês possível. Diversas vezes ao dia, por meio de diferentes ferramentas.

Uma delas, simples, mas eficaz, é configurar todos os seus dispositivos em inglês. Com o tempo você vai se familiarizar com os termos. Há também diversos apps que te ajudarão a treinar, como o Duolingo por exemplo, que está entre os mais baixados no mundo. Filmes e séries no Netflix também contribuem muito nesse processo.

Blogs com dicas de inglês, como o GoLearners, também são muito úteis e colaboram com conteúdo de qualidade para aumentar seu conhecimento. Você também pode consumir o conteúdo que gosta na internet em inglês - aquele blog de culinária ou aquele canal no YouTube sobre miniaturas, por exemplo. Procure sempre por conteúdos em inglês. Caso você queira treinar seu speaking com algum professor de outro país para se habituar com diversos sotaques, pode contar com a Engoo. Com o tempo a nova língua se tornará comum e sem perceber você estará entendendo e se comunicando em inglês.

Com a comunicação, criatividade e colaboração em alta na sociedade moderna, novas ferramentas surgem a todo momento. Uma ferramenta que está sendo muito usada hoje são os meetups, que são encontros planejados onde pessoas com interesses em comum se reunem. No caso do aprendizado de inglês, as pessoas realizam esses encontros para treinar a língua - falando, ouvindo e interagindo uns com os outros.

"A different language is a different vision of life." -FEDERICO FELLINI

Click to Tweet

Keep in mind

Com toda essa mudança na sociedade, principalmente por conta da tecnologia, a mudança na forma de adquirir conhecimento seria inevitável. Precisamos ter em mente que a forma de aprender inglês mudou também. Antes, ir a uma escola para fazer aula em grupo era a única opção. E é provável que a sala de aula tradicional - usada como fórum educacional - nunca seja totalmente substituída. Porém, a autoaprendizagem estará cada vez mais integrada às instituições tradicionais de ensino.

Hoje, com a quantidade imensa de recursos que temos, podemos aprender inglês de uma forma personalizada e dinâmica. A tecnologia colocou o conhecimento na ponta dos seus dedos. Aproveite, use e abuse das muitas ferramentas que estão disponíveis.

Seja um aprendiz autônomo e assuma a responsabilidade pelo aprendizado. Seja você o responsável pelo seu sucesso.

É bom tê-lo conosco.
Take care!

Question: Como você tem usado os recursos disponíveis para aprimorar seus conhecimentos?

Para ver mais posts como esse se inscreva aqui. Mantenha seu inglês atualizado recebendo nossos posts atuais semanalmente.

Compartilhe esse post com seus amigos que estão aprendendo ou aperfeiçoando o inglês clicando nas redes sociais abaixo.

Não se esqueça de curtir a nossa página no Facebook. Ajude-nos a continuar trazendo conteúdo relevante e de qualidade!

REFERENCES

Image 1 by PIXABAY. Available at: <https://pixabay.com/photos/man-reading-touchscreen-blog-791049/> Accessed 02 May 2019

Image 2 by PIXABAY. Available at: <https://pixabay.com/photos/office-startup-business-home-office-594132/> Accessed 22 May 2019

Image 3 by PIXABAY. Available at: <https://pixabay.com/photos/notebook-workplace-desk-iphone-336634/> Accessed 22 May 2019

Image 4 by PIXABAY. Available at: <https://pixabay.com/photos/tv-man-watching-room-office-3774381/> Accessed 22 May 2019

About the Author

Cofundador, editor chefe e criador de conteúdo aqui no GoLearners. Professor de inglês desde 1996 e especialista em aulas particulares personalizadas desde 2006.

Leave a Reply 0 comments

close

Guia Prático Present Perfect!

Depois de muitos pedidos  e dúvidas sobre o tema, decidimos criar um guia prático sobre o tempo verbal Present Perfect.